O Palavrão no Ambiente de Trabalho

Quarta-Feira, 03 de Agosto de 2011
O Palavrão no Ambiente de Trabalho

O palavrão espontâneo, usado como uma exclamação, em razão de um fato, uma situação ou algo inesperado até pode ser engraçado em função do inusitado, mas, regra geral, o palavrão nunca é benvindo e, será sempre, uma manifestação grosseira e mal educada.

Dizer que o palavrão desestressa é bobagem. No primeiro momento, pode até parecer um desabafo, mas na verdade constrange, assusta e desconcentra as outras pessoas na realização de suas tarefas. O mal educado, pode se sentir aliviado, mas quem está perto, com certeza, não se sente bem.

Então, a direção da empresa deve alertar aos seus funcionários sobre qual é a atitude recomendada nos relacionamentos interpessoais. Palavrão, regra geral, não é liberdade de expressão, é falta de educação e deve ser coibido.

O palavrão dito não se limita à própria pessoa, mas atinge a todos que escutam. Portanto, transcende o caráter individual e desrespeita o espaço (e o ouvido) alheio.

O ambiente de trabalho é o local onde todos permanecem o maior tempo que se está acordado e, para o próprio equilíbrio emocional ou mental, deve ser um local saudável, gentil e respeitoso. Assim, em nenhuma hipótese, se justifica-se que qualquer pessoa com uma atitude inadequada quebre o equilíbrio e a saudabilidade do ambiente profissional.

Nenhuma empresa, departamento, ou órgão, independente do seu foco de produção, costuma tolerar desvios de conduta, onde o palavrão possa vir a fazer parte rotineira da comunicação ou dos contatos entre seus funcionários.

Pior ainda, é o uso de palavrões por parte de quem ocupa cargo de chefia para com os seus subordinados. Haverá enorme risco de se cometer assédio moral.

Inclusive, nos mesmos níveis de cargos e funções, o uso livre e à vontade de expressões chulas ou palavrões, torna o ambiente “pesado”, desconfortável e perigoso.

Durante todo o tempo as pessoas treinam para agir adequadamente e, aprendem, pelo treinamento, a agir corretamente de maneira natural. Ao não se proceder assim, da mesma forma espontânea, um palavrão (mal) dito na frente de um cliente, pode causar consequências funestas: gerar reação agressiva, constranger, retirar a credibilidade e frustrar um possível negócio, retirando definitivamente a relação de confiança.

Ambiente profissional sem educação e respeito é ambiente insalubre!

Assunto: Ambientes Profissionais, Atitudes e Comportamentos, Gafes

Voltar
Etiqueta Social - Pronta para usar

JOSUÉ INDICA: