Tempo de férias! Tempo para se descontrair, divertir e descansar.

Terça-Feira, 15 de Abril de 2014
Tempo de férias! Tempo para se descontrair, divertir e descansar.

O fato de se afastar das rotinas cotidianas para relaxar e descontrair não significa que se possam esquecer as regras da boa educação e do respeito. Nesse período continuam valendo todas as referências das posturas, do comportamento e das atitudes.

Nos deslocamentos, nas estadias, nos passeios, no lazer, etc, deve-se ter especial atenção quanto à preservação da própria imagem, como também, à preservação dos modelos e exemplos que se mostram as demais pessoas e, principalmente, aos filhos.

As regras valem para todos os ambientes: hotéis, pousadas, resorts, colônias de férias, clubes, residências, entre outros.

E, como se divertir, proceder e vestir as roupas certas nesses lugares, durante as férias?


Na verdade, algumas referências são simples:

1. Nos restaurantes, refeitórios e lanchonetes cobertos ninguém deve ficar sem camisa. Aliás, as mulheres detestam ver homens em mesas de refeição, mostrando tufos de pêlos sob as axilas.

2. Casais e famílias em geral se tratam com toda a cortesia e jamais com rispidez, principalmente em público. Agir assim, constrange quem está próximo.

3. Tratamento entre pais e crianças deve ser calcado na educação e no respeito. Não se humilha ou se grita com crianças.

4. O cuidado com a integridade física e a segurança dos filhos, inclusive quando se está na praia, nunca tem férias.

5. Em locais onde menores de 12 anos têm regalias ou descontos nas despesas (restaurantes, parques, teleféricos, etc.), jamais se pede que eles mintam a idade. Além de ser um péssimo exemplo, deixa as crianças com a visão distorcida de que mentir para levar vantagem é bom. Depois, não se pode reclamar quando os filhos mentirem para os próprios pais.

6. Para se deslocar até a areia da praia ou até a piscina, as pessoas elegantes fazem o trajeto sobrepondo aos biquinis e maiôs: saídas de praia, saiotes, sarongues, pareôs; e, sobrepondo às sungas: bermudas e calções esportivos.

7. Para ir à piscina ou à areia da praia, qualquer chinelo de borracha ou silicone no estilo “havaianas” é suficiente. Mas, para ir às lojas ou ir ao barzinho no final da tarde, tomar um sorvete, chope ou refrigerante, as mulheres chiques devem trocar o chinelo por um tênis ou por uma sandália rasteirinha (melhor), enquanto os homens devem trocar o chinelo por um tênis casual ou mocassim (melhor).

8. Todos ornam entre si: rasteirinha com shorts estilo jeans, sarja ou brim durante o dia. Mas, na festa ou na balada não serão a melhor combinação. Melhor optar por minissaias, minivestidos ou bermudas em tecidos mais finos e que permitam o uso de sandálias, peep toes, escarpãs ou channel com saltos.
Exceção: o shorts com aplicações e frufrus nas barras e laterais e que dão a impressão que o shorts é uma mini ou microssaia, pelo estilo e pela produção, permite o uso de saltos.
Moda é moda, bom gosto é bom gosto...Usar shorts jeans com saltos altíssimos é misturar sal com açúcar...Assim, não “casa”!

9. À noite, quando os homens frequentam os bares, boates e baladas, o melhor e mais elegante, é optar pelo uso de calças em vez de bermudas. Para a noite, ainda, os homens ficam bem com calçados esportivos (mocassims, sapatênis e tênis casuais). É bom enfatizar que homens de bom gosto, para os passeios, preferem usar e sabem diferenciar os tênis casuais dos tênis para a prática esportiva (cheios de pinos no solado). Parece a mesma coisa...Mas não é!

10. Nas areias da praia ou na piscina o uso de bonés é confortável e fica bem em crianças e homens, mas ficam muito mal em qualquer mulher. Devia haver uma lei proibindo as mulheres de usarem bonés e obrigando-as a usar chapéus. É só olhar no espelho ou tirar uma fotografia, que fica fácil perceber a enorme diferença. É chique usar chapéus de palha com o centro (côco) com furos para ventilação (vazado), permitindo a transpiração e ter o conforto das abas protegendo o rosto. O modelo mais usado e que está em alta nesta temporada é o chapéu de palha no estilo country.

11. Evitam-se, ainda usar sungas e maiôs brancos ou amarelos, que ao serem molhados tornem-se transparentes.

Não adianta discordar...Tem coisas que pioram a imagem e a feminilidade da mulher: bonés, bolsas tipo mochila, bolsões, sarouel, anabelas, chicletes, palavrões, calças apertadas de cintura baixa para quem está acima do peso ou com abdômem saliente, modelo de maiô tomara-que-caia, para quem o busto não está rigorosamente no lugar (prefira com alcinhas ou laço no pescoço), etc.
De certa maneira as pessoas percebem que serão olhadas conforme a sua postura, atitude e vestuário.

Pois é...

Assunto: Atitudes e Comportamentos, Vestuário

Voltar
Etiqueta Social - Pronta para usar

JOSUÉ INDICA: