O Check-in e QUEM PRECISA SABER DA SUA VIDA PESSOAL?

Terça-Feira, 15 de Abril de 2014
O Check-in e QUEM PRECISA SABER DA SUA VIDA PESSOAL?

Em princípio e por princípio a vida de cada um só interessa a si próprio e à sua família!

As pessoas têm que entender que não se pode confundir, misturar e difundir fatos ou situações estritamente pessoais de caráter íntimo ou privado, como se fossem públicos. Agir assim dá a entender que qualquer pessoa pode meter o bedelho na vida dos outros.

Cena real: uma amiga faz check-in em um bar, posta via celular na rede social que está no local, menciona o nome dos amigos presentes e inclui na lista também o nome dos conhecidos que estavam por perto!

Claro que as pessoas na lista não notaram que estava sendo citadas, postadas e nem a elas foi pedido licença para mencioná-las.

Resultado: na manhã seguinte, a primeira pessoa a se manifestar na postagem foi a então namorada de um dos personagens, dizendo textualmente “então seu fulano, me fala que vai jogar poker com o cicrano e foi conhecer novas amigas” ? Com qual delas você ficou? ( Na verdade, a então indignada namorada usou um verbo diferente de ficar ).

Claro que muita gente que nem tinha nada com a história, mas estava na lista se ofendeu e respondeu.

O cicrano ( gozador de gabarito ) que devia estar jogando poker com o fulano escreveu: ele estava do meu lado, mas comigo ele não ficou! O beltrano, ofendidíssimo, que estava com a noiva, escreveu: a minha noiva que estava presente só fica comigo! O colunista da Revista que também estava na listagem só pode escrever: seria trágico se não fosse cômico e de uma desinteligência bárbara!

Como tudo na vida deve servir de experiência e aprendizado, quais seriam as lições quanto a esse fato?

Primeira: não conhecendo, não se faz também nenhuma questão de conhecer a namorada indignada que se expôs publicamente na rede social.

Segunda: também não se faz questão de saber se o namoro continua. Afinal, o namorado não retornou ainda ao local ( bar ).

Terceira: contar onde se está o tempo todo, dá a oportunidade de ser encontrado por quem se gostaria de ver, mas também dá margem de ser encontrado por quem não se quer.

Quarta: a segurança pessoal, física e patrimonial fica totalmente comprometida se estranhos ou mal intencionados sabem qual é a localização, a rotina e os trajetos de quem conta a sua vida em rede social.

Quinta: é horrível e de mau gosto alguém contar o dia inteiro o que se está fazendo. Gente assim deveria ser deletada!

Sexta: rede social não é para expor a privacidade de ninguém!

Sétima: não se inclui pessoas em check-in sem pedir autorização ou avisá-las! Existe um risco enorme de “suicidá-las”!

Assunto: Atitudes e Comportamentos

Voltar
Etiqueta Social - Pronta para usar

JOSUÉ INDICA: