CONVITES! COMO FAZER? COMO RECEBER? COMO AGIR?

Terça-Feira, 15 de Abril de 2014
CONVITES!  COMO FAZER? COMO RECEBER? COMO AGIR?

Convidar é chamar para participar e compartilhar a vida num determinado momento, ocasião, situação ou evento. Significa amizade, confiança e reconhecimento pelo convidado, que deve se sentir agraciado quando é homenageado pela lembrança, apreço e carinho.

Portanto, receber um convite é uma honra!

Desta forma, convidar ou ser convidado exige ações e atitudes profissionais e sociais obrigatórias numa sociedade civilizada e educada.

Os convites devem ser feitos com a antecedência necessária para que as pessoas possam se agendar, organizar e preparar para a ocasião. Dessa maneira, conforme a amplitude, a imponência, a cerimonialidade, a formalidade, etc. o convidado precisa de maior ou menor prazo para que possa participar. Tudo deve ser com bom senso: cedo demais pode-se esquecer; tarde demais pode não haver tempo para participar.

Convites são feitos para serem aceitos, mas se houver motivo de força maior que impeça a presença, obrigatoriamente se deve justificar o não comparecimento, por escrito ou pessoalmente, com a devida antecedência. A educação e o respeito exigem essa atitude! Assim, também se permite a quem convidou que organize melhor o cerimonial, o protocolo e o evento.

Convite para cerimônias de casamentos, formaturas e debutantes: deve ser feito com trinta dias de antecedência. Os convidados devem chegar com pelo menos quinze minutos de antecedência. Os presentes podem ser da lista de presentes de alguma loja ou os tradicionais para essas ocasiões.

Convite para cerimônias de posse: deve ser feito com dez dias de antecedência e os convidados devem chegar com pelo menos quinze minutos de antecedência. Pode-se dar presente inerente ao cargo.

Convite para coquetéis comerciais, empresariais ou profissionais: deve ser feito com dez dias de antecedência e os convidados devem chegar após as dezenove horas. Permanece-se o tempo suficiente para cumprimentar, conversar e degustar. Este tipo de evento se encerra às vinte e duas horas.

Convite para aniversário informal: deve ser feito com oito dias de antecedência. O presente pode ser a presença, mas o carinho do presente faz lembrar a presença. Quando a comemoração acontecer em bares e baladas onde cada um paga o que consumir, então o presente é totalmente dispensável.

Convite para um encontro informal entre amigos: na residência ou em local público, não importa, deve ser feito com pelo menos três dias de antecedência para não parecer que se está preenchendo a ausência de alguém que deixará de ir.

Convite para jantar informal na residência: o convidado deve chegar pontualmente entre a hora marcada e até quinze minutos depois. Não se chega nem um minuto antes para não atrapalhar a organização dos últimos detalhes pelo anfitrião.

Este tipo de convite deve ser feito com oito dias de antecedência por telefone, email ou pessoalmente. Convites de última hora, nesse caso, com certeza, soam como um chamado para preencher cadeira ou para que não sobrem comidas.

Quando o anfitrião não mencionar “com todas as letras” que gostaria que se trouxesse algo, não se deve perguntar. O que é de mau gosto é o convidado fazer a chata da pergunta: precisa levar alguma coisa? Claro que pessoas convidadas para esse tipo de ocasião, naturalmente devem levar uma bela caixa de bombons que serão servidos aos convidados no final da noite. Ou um arranjo de flores que dispense a procura de um vaso de última hora. Mas não violetinhas! Nada contra as violetas! Tudo contra a falta de criatividade! Também se pode levar aquela sobremesa que todos apreciam e, melhor ainda, só o convidado sabe a receita. Ou, uma garrafa de vinho ou uísque. Quando a bebida levada pelo convidado for evidentemente melhor do que aquela que o anfitrião tem em casa é gentil servir aos convidados. Se não... Fica a critério.

O fato do jantar ser informal e em residência, mesmo no litoral, não significa que se pode comparecer de shorts, bermudas, regatas, camisas de time ou chinelos. Guardanapos de tecido não combinam com essas peças de vestuário! Além disso, vestir-se deste modo mostra desapreço pelo anfitrião, pelos demais convidados e pelo convite.

Saber convidar e saber como agir fortalece a afetividade entre as pessoas profissionalmente e socialmente!

Assunto: Atitudes e Comportamentos

Voltar
Etiqueta Social - Pronta para usar

JOSUÉ INDICA: